fbpx
Outlab.

O que é User eXperience?

16 de novembro de 2020

Raomi Pani

O que é User Experience
Clique para avaliar esse post!
Total: 0 | Média: 0

Veja tendências de UX para 2021 e aprenda mais sobre eXperiência do Usuário

Pensar a eXperiência do Usuário (do inglês: User eXperience ou UX) é um dos principais desafios no design. Apesar do termo ter sido inventado nos anos 90, a prática é antiga. Pelo menos desde a revolução industrial, designers de cadeiras (só para citar um exemplo) pensam a forma e a funcionalidade do produto a partir do ponto de vista de quem vai usá-lo. E no mundo da web, pensar a experiência dos usuários ganha milhões de novas possibilidades diante da quantidade de dados disponibilizados pelas ferramentas de análise. 

Hoje, é possível saber quantos segundos o seu consumidor fica em cada página do seu site, qual termo pesquisou pra chegar até você, qual termo pesquisou para encontrar o produto que queria no seu site. Quais produtos colocou no carrinho, quais retirou, quantas vezes fez isso. Em qual etapa da compra ele desiste com mais frequência. Em resumo, com os dados, você ganha entendimento de como o seu cliente se comporta (de fato).

Mas não esqueça: informação é provavelmente o bem mais valioso que o seu cliente pode compartilhar com você. Valorize e use com responsabilidade.

One-step-checkout é o melhor pro meu e-commerce?

É comum acreditar que quanto menos passos o usuário precisa dar para realizar uma compra online, mais chances da venda ser concluída no seu site. Se é mais rápido e mais fácil, então é o que o cliente vai preferir.

E isso nem sempre será uma regra.

Analisemos o site da Magalu. Quando você “coloca um produto na sacola”, o site te envia para a primeira página onde você vai conferir os produtos. Se você der prosseguimento, na próxima página irá definir o endereço e o tipo de frete. Se continuar, na página seguinte você define a forma de pagamento e, aí sim, conclui a compra. No lugar de uma, ou duas páginas, pra “facilitar” a vida do cliente, o site da Magalu opta por três.

Então isso é uma regra? Três páginas é o melhor resultado pra eu vender mais? Não.

O que você precisa é entender como o SEU consumidor vai se relacionar com o SEU produto ou serviço. Qual experiência o seu usuário tem com a sua marca.

E isso vai muito além de analisar apenas números de vendas. Ou tem a ver apenas com uma preocupação visual.

Muito mais que boniteza

Se antecipar a experiência que o consumidor vai fazer do nosso produto é mais difícil do que imaginamos. Existe, por exemplo, uma simples – porém muito importante – discordância entre pessoas de estados diferentes do Brasil sobre a aplicação de catchup em pizzas. O que para algumas pessoas costuma ser essencial, para outras pode ser um desrespeito.

Por isso, pensar a experiência do usuário em sua totalidade – em todas as áreas – é a meta.

“UX é sobre a experiência do usuário como um todo. Como ele chegou no site ou no app, a  experiência que ele teve no Instagram, se ele teve as dúvidas respondidas”, explica Luiza Lopes, designer especialista em UX na Outlab. “User eXperience diz respeito a tudo em torno da marca – o Branding então, tem tudo a ver.”

Em Outubro, o Google lançou para todos o redesign de diversos de diversos dos seus produtos. Usuários que guardam os app da Google juntos em uma única pasta no celular acharam os ícones muito parecidos e tiveram dificuldade para se adequar. Alguns ainda têm.

Envolvendo tantas áreas ao mesmo tempo e dependendo de dados específicos de cada usuário, podemos concluir que é impossível prever o que vai acontecer com experiência do usuário em um mercado como o webdesign.

Erro!

Se liga nas tendências do mercado que podem funcionar muito bem para o seu site em 2021 – ou agora – independente de qual seja o seu modelo de negócio. (Ou não. É sempre bom testar.). 😉

Tendências em UX Design para 2021

  1. Versões noturnas: o modo escuro. A quantidade de luz que nossos olhos estão acostumados a enxergar é diferente durante o dia e durante a noite. Não por acaso, os aplicativos mais baixados do mundo já possuem versões noturnas com cores escuras. Em junho deste ano, o Facebook foi o último dos quatro app mais baixados a entrar na onda.
  2. Scrolling híbrido: o horizontal e o vertical. Tradicionalmente, desde o desktop, a rolagem das páginas foi de cima para baixo. Com a popularização dos stories, mais desenvolvedores têm percebido as possibilidades de uma experiência que misture o “arrasta pra cima” com o “arrasta pro lado”. Fazendo a navegação mais dinâmica e interessante pro usuário .

E aí, curtiu o nosso blogpost sobre User eXperince? Nem entendeu como veio parar aqui? Tudo bem! Então aproveita e acompanha a gente nas nossas redes sociais também pra ficar por dentro de todo o nosso conteúdo. 😉

Voltar para o blog

Contato

Precisa de um projeto assim? Fale com a gente.

Solicite seu orçamento
Voltar ao topo