fbpx
Outlab.

O que é doomscrolling?

13 de janeiro de 2021

Raomi Pani

doomscrolling
Clique para avaliar esse post!
Total: 2 | Média: 5

Saiba como isso afeta a sua saúde mental e como parar

Escolhida pelo Dictionary como a palavra de agosto de 2020 (o que por si só já diz muita coisa), doomscrolling é um neologismo do inglês (ainda sem tradução para o nosso idioma). O termo é usado para definir um comportamento aparentemente comum dos dias de hoje: a prática de obsessivamente verificar as atualizações online, principalmente no feed das redes sociais, com alta probabilidade de receber “notícias ruins” (aquelas que costumam nos deixar tristes como informações sobre tragédias e catástrofes). 

A apreensão gerada por esta expectativa negativa vira combustível para a compulsão de continuar verificando as atualizações em um ciclo vicioso. Em direção ao verdadeiro feed infinito – ou poço sem fundo.

O que pode virar uma bola de neve se entendemos que quanto mais notícias ruins consumimos e engajamos nas nossas redes sociais, mais os algoritmos vão deduzir que é deste tipo de conteúdo que gostamos. E assim, aparecem mais notícias ruins no nosso feed.

Novos tempos, novas palavras

Em meio a uma pandemia que exige que fiquemos em casa e estejamos ainda mais atentos às notícias, nosso tempo na frente das telas aumentou pelo menos 50% em todas as faixas etárias ou regiões. E a quantidade de tempo gasto fazendo doomscrolling é diretamente proporcional a quão mal você vai se sentir quando acabar.

O efeito que o doomscroolling pode causar nas pessoas é variado, mas no geral vai fazer você sentir mais ansiedade, tristeza e isolamento.

Estar bem informado é importante, mas ser sobrecarregado por notícias de tragédias e catástrofes sob as quais não temos controle serve a nenhum propósito – além de nos deixar mais estressados e menos dispostos a agir.

Ainda assim, mesmo que seja difícil (ou até impossível) se desconectar completamente das redes sociais e dos feeds de notícias, existem hábitos saudáveis que podem ajudar a manter sua saúde mental equilibrada e evitar o doomscroling.

Aqui estão algumas dicas para te ajudar a evitar o doomscrolling:

  1. Limites: crie uma separação física entre você e seus dispositivos. Por exemplo, opte por deixar seu celular em casa quando sair para uma caminhada, ou se for passar um tempo com amigos. E defina momentos do dia para ficar absolutamente longe do celular.
  2. No seu ritmo: desative o máximo de notificações possíveis e leia as notícias e atualizações no seu próprio tempo. E estabeleça seus próprios limites para ficar passeando pelo feed. Marque no cronômetro, se for necessário. Que tal tentarmos 15 minutos, 4 vezes ao dia? Ou 30 minutos, 2 ou 3 vezes ao dia? O que for melhor para você. 
  3. Boas notícias: O que te faz sentir bem, dar risada, te deixa leve? Favorite esses perfis e contas para, quando perceber que está fazendo doomscrolling, interromper o ciclo de destruição com positividade.
  4. Conecte-se com pessoas: Mudar o comportamento pode ser difícil de fazer sozinho. Então você pode até dizer a seus amigos que deseja parar de fazer doomscrolling para que eles possam ajudar durante o processo (e recomende este artigo para que eles leiam também).
  5. Durma melhor: passar muito tempo lendo notícias à noite afeta seu humor e sono e sua saúde. Uma hora antes de deitar, desligue o dispositivo (ou deixe em modo silencioso) e carregue-o longe da cama. Use esse tempo para meditar ou simplesmente não faça nada. Lembre que seu sono é um dos momentos mais preciosos e importantes do seu dia.

O conteúdo fez sentido pra você? Curtiu? Aproveita pra seguir a Outlab. nas redes sociais e ficar por dentro de todas as novidades do mundo digital.

Voltar para o blog

Contato

Precisa de um projeto assim? Fale com a gente.

Solicite seu orçamento
Voltar ao topo