fbpx
Outlab.

Mapa da Empatia: É hora de se colocar no lugar do cliente

12 de janeiro de 2020

Nathanna Alves

você sabe como utilizar o mapa da empatia? Aprenda a se colocar no lugar do cliente.
Clique para avaliar esse post!
Total: 2 | Média: 5

Você conhece bem o seu cliente? Suas dores e necessidades? Conheça o mapa da empatia e aprenda como usá-lo para encontrar essas e outras respostas.

Empatia significa se colocar no lugar do outro. Significa sentir o que outra pessoa está sentindo ou entender o que ela está pensando. O Mapa da Empatia foi criado pela Design Thinking XPlane como estratégia para nos colocarmos no lugar dos clientes em um negócio e, assim, compreendê-los com mais profundidade. Isso possibilita entregar um serviço de qualidade, que não só resolve a situação, como também engaja e fideliza esse cliente.

Basicamente, é um mapa que levanta hipóteses e prototipa o público-alvo, baseado nos sentimentos do mesmo.

Afinal, nada melhor do que o seu cliente se sentir compreendido, não concorda? A seguir, conheça mais sobre essa poderosa ferramenta.

Como é o mapa da empatia?

O modelo do mapa é bem simples e pode ser feito no computador, em um quadro, ou até mesmo no papel – o que vale é colocar a ideia em prática.

Na parte de cima estão as perguntas relacionadas ao seu cliente:

  • O que ele pensa e sente?
  • O que ele escuta?
  • O que ele fala e faz?
  • O que ele vê?


Na parte de baixo estão as perguntas mais subjetivas, relacionadas ao sentimento dele:

  • Quais são as dores dele?
  • Quais são as necessidades dele?


Veja o modelo preparado pela Outlab.

Utilize esse template de mapa da empatia para se colocar no lugar do seu cliente

Preenchendo o Mapa da Empatia

Preencher o mapa pode parecer confuso e até mesmo impossível, mas, dentro dos quadrantes das perguntas, cabem outros questionamentos que podem ajudar na resposta

O que ele pensa e sente – Tente pensar nos sonhos do seu cliente, como ele se sente em relação ao mundo, quais são suas aspirações e desejos.

O que ele escuta – Aqui vale pensar não só nas músicas ou conversas, mas também nos meios de comunicação, conversas… Enfim, todo tipo de influência sonora.

O que ele fala e faz – Como é a jornada de compra da sua persona? Preste atenção ao discurso e ao comportamento do seu cliente. Sua aparência, postura…

O que ele vê – Pense no ambiente que seu cliente frequenta. Seus amigos, cotidiano, trabalho, restaurantes… Entenda o mundo que seu cliente vive e o que pode ser observado nele.

Quais são suas dores – Medos e frustrações que seu público tem. Quais são os obstáculos que ele tem que enfrentar?

Quais são as necessidades – Desejos, necessidades… Pense no que é o sucesso para o seu cliente e como o seu produto pode facilitar isso.

Aplicando o Mapa da Empatia no negócio

Depois de preencher o seu mapa, você terá nas mãos o perfil completo do seu cliente e poderá não só aprimorar o seu produto, mas também planejar a sua comunicação para alcançá-lo e engajá-lo com a sua empresa.

Praticar a empatia diariamente ajudará você a se conectar ainda mais com o seu público-alvo, trazendo bons resultados para o seu negócio.

Use o mapa da empatia para desenhar sua estratégia de comunicação, mas lembre-se de conceitos importantes como marketing de conteúdo, inbound marketing e SEO criativo. Ficou confuso? Entre em contato que podemos ajudar.

Leia também: Como funciona uma agência digital?

Voltar para o blog

Contato

Precisa de um projeto assim? Fale com a gente.

Solicite seu orçamento
Voltar ao topo