fbpx
Outlab.

Coronavírus: Saiba tudo sobre transmissão, tratamento e formas de prevenção

18 de março de 2020

Nathanna Alves

Saiba mais sobre o novo coronavírus
Clique para avaliar esse post!
Total: 2 | Média: 5

O Coronavírus atingiu o status de pandemia. São mais de 200 mil pessoas infectadas e 8 mil mortes, em cerca de 164 países. Saiba mais sobre o vírus, como se proteger e o tratamento adequado.

Segundo o Ministério da Saúde, o Coronavírus é uma família de vírus que causa infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19, após casos registrados na China, e provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Cerca de 202 mil pessoas foram infectadas em todo o mundo pela doença, que já provocou 8.008 mortes. Por isso, esse mês, a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou a pandemia de COVID-19.

No Brasil, até quarta-feira, 18/3 foram confirmados 370 casos da doença. Dia 17/3, o Estado de São Paulo confirmou a primeira morte pelo vírus. Os relatórios da OMS e do Ministério da Saúde apontam que alguns grupos e faixas da população são mais suscetíveis ou vulneráveis: idosos, diabéticos, hipertensos, quem tem insuficiência renal crônica e quem tem doença respiratória crônica.

Transmissão do Vírus

As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo. Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • gotículas de saliva;
  • espirro;
  • tosse;
  • catarro;
  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Prevenção

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

A quarentena voluntária é uma medida importante para combater o vírus. Para apoiar a prevenção, nossa equipe está de home office. É recomendado que todos evitem sair nas ruas, para que a proliferação do vírus seja de forma gradual – é o que chamamos de “achatar a curva” – assim, o sistema de saúde conseguirá atender a todos (ou a maioria) dos casos. 

Tratamento

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:

  • Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos). Ibuprofeno (e seus genéricos) e corticóides NÃO são recomendados;
  • Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garganta e tosse.

Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

Conheça os aplicativos do Ministério da Saúde

Para facilitar o acesso a informações sobre o Coronavírus COVID-19 e combater as fakes news, o Ministério da Saúde desenvolveu alguns aplicativos com dicas de prevenção, descrição de sintomas, formas de transmissão, mapa de unidades de saúde e até uma lista de notícias falsas que foram disseminadas sobre o assunto.  

Os aplicativos estão disponíveis para usuários dos sistemas operacionais iOS e Android: 

Para baixar o app iOS clique aqui.

Para baixar o app Android clique aqui

Em um momento tão delicado, é muito importante seguir todas as recomendações da OMS e do Ministério da Saúde. O Coronavírus tem alta taxa de transmissão e é perigoso, principalmente para o grupo de risco. Lembre-se que acatar às orientações é um pacto de saúde coletiva e todos nós precisamos cumpri-lo.

Voltar para o blog

Contato

Precisa de um projeto assim? Fale com a gente.

Solicite seu orçamento
Voltar ao topo